Home YouTube TikTok Jogos love@antenalove.com.br
VOCÊ ESTÁ NA RÁDIO


Minha esposa foi exemplo do que é o amor, diz sobrevivente de acidente na Avenida Nazaré, em Belém




Leandro Nascimento Torres, marido e pai das vítimas, participou de culto e depois, seguiu para Portal da Amazônia, onde houve mais homenagens. Acidente ocorreu em 26 de agosto. Em igreja, pessoas se solidarizaram com o sobrevivente do acidente Reprodução Amigos e parentes de Renata Corrêa Bezerra e da menina Maria Luiza Corrêa Torres, de 2 anos, mãe e filha que morreram em na Avenida Nazaré, prestaram homenagens às vítimas em um culto no domingo (26) em Belém. Um mês após o acidente que envolveu o carro em que estavam as vítimas e outro veículo, o caso segue sendo analisado pelo Ministério Público do Pará (MPPA). O motorista apontado como responsável pela colisão segue internado. Segundo a polícia, ele foi indiciado por duplo homicídio doloso. Emocionado, Leandro Nascimento Torres, marido de Renata e pai de Maria Luiza, que sobreviveu à colisão, participou da celebração. Ele, a mulher a filha sempre iam às celebrações religiosas na Igreja Quadrangular Catedral da Família, onde iniciaram as homenagens. Motorista que perdeu a esposa e a filha em acidente recebe alta do Hospital Metropolitano no Pará. Reprodução / Facebook “Hoje você está aqui, e sua mulher e sua filha estão lá. Isto não é um adeus, é um até logo. Um dia eu vou morrer, você vai morrer, todos nós vamos morres, mas a Bíblia diz que quem crê em Cristo passa da morte para a vida eterna. Que Deus te fortaleça, em nome de Jesus”, disse o pastor Lourival Pereira, se direcionando a Leandro. Leandro Torres participou de culto após 30 dias da morte de esposa e filha Após a cerimônia, as homenagens continuaram no Portal da Amazônia, na orla de Belém, onde Leandro falou algumas palavras aos presentes. Em seguida, balões em formatos de diversos personagens de desenhos animados foram soltos no ar. “Senhor, eu quero que tu derrames bênçãos na vida de cada um e que tu possas deixar o ensinamento que a minha esposa deixou do que é o amor, e do que a minha filha trouxe para cada um que é a alegria”, disse Leandro, emocionado. Na oração, Leandro ainda pediu que sua história sirva de exemplo para que pessoas falem mais de amor aos seus parentes. “Pai, que tu possas fazer do meu exemplo o melhor e que as pessoas possam dizer aos seus entes queridos que os amam”, finalizou. Investigação O inquérito policial foi concluído pela Polícia Civil e encaminhado ao Ministério Público. O acidente ocorreu na madrugada do dia 26 de agosto. Dois carros, que estavam em alta velocidade, colidiram entre as travessas Quintino Bocaiúva e Generalíssimo Deodoro, no bairro de Nazaré. Leandro Nascimento, que conduzia um dos carros, recebeu alta quatro dias depois. O motorista do outro carro seguia internado até semana passada no Hospital Metropolitano de Belém, quando agentes penitenciários permaneciam no local. Nesta segunda-feira (27), o g1 procurou novamente o hospital para saber se houve alguma novidade no estado de saúde do paciente, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem. O g1 não conseguiu contato com o advogado dele. Ao g1 o Ministério Público do Estado (MPPA) informou que requisitou novas diligências, antes de interrogar o indiciado e juntar laudos periciais. Segundo o MPPA, somente após a juntada dos laudos, as circunstâncias de ocorrência do fato e a existência de qualificadoras serão analisadas, incluindo fatores atenuantes que podem implicar em penas maiores aos que forem declarados culpados. Não foi dado prazo para a conclusão das análises. O interrogatório do indiciado, acusado de ter provocado o acidente, depende do estado de saúde do mesmo. Leia também: Quero entender porquê essa pessoa fez isso comigo, questiona sobrevivente que perdeu mulher e filha em acidente de carro em Belém Vídeos mostram o momento do acidente que deixou mãe e filha mortas em Belém VÍDEOS mais assistidos do g1 PA nos últimos dias Veja outras notícias do estado em G1 PA

Comente:




Legendas

Mais