Home YouTube TikTok Jogos love@antenalove.com.br
VOCÊ ESTÁ NA RÁDIO


Produção da lavoura temporária em 2020 chega a R$ 1,5 bilhão no RN




Dados são da Pesquisa de Produção Agrícola Municipal de 2020, divulgada esta semana. Mossoró ainda tem como principal cultura temporária o melão, Elisa Elsie A Pesquisa de Produção Agrícola Municipal de 2020, realizada pelo IBGE, destaca que a lavoura temporária continua em expansão no Rio Grande do Norte. Em 2020, a área plantada com esse tipo de cultura foi de 245.377 hectares, o que significa um acréscimo de cerca de 3 mil hectares em relação a 2019. De maneira similar, a área colhida em 2020 foi de 235.216 hectares, cerca de 1.000 hectares a menos do que no ano anterior. O IBGE considera temporárias aquelas culturas de curta ou média duração - geralmente inferior a um ano -, em que após a colheita faz-se necessário iniciar um novo plantio. O levantamento apresenta informações sobre área plantada e colhida, rendimento médio da produção, quantidade produzida e valor total da produção de culturas temporárias e permanentes para todos os municípios que possuem atividade agrícola no país. O valor da produção chegou a R$ 1,5 bilhão, o que equivale a um crescimento de 18,8% em relação a 2019. Esse aumento na região Nordeste foi muito maior - 44,7% -, puxado principalmente pelos estados da Bahia e do Maranhão, que ampliaram seus valores em cerca de R$ 7 e R$ 3 bilhões, respectivamente. No RN, destaque para Baía Formosa, Mossoró e Canguaretama, que estão entre as três maiores áreas plantadas e colhidas e também os maiores valores de produção. Mossoró responde sozinha por 17% do valor produzido com a lavoura temporária de todo o estado em 2020, o que corresponde a R$ 267 milhões. A área plantada na lavoura temporária em Baía Formosa e Canguaretama é quase que plenamente coberta pela cultura da cana de açúcar. Em Mossoró, os principais cultivos são melão (8.300 he), melancia (2.500 he), feijão (2.300 he) e milho (2.200 he). Mossoró ainda tem como principal cultura temporária o melão, respondendo por 75,2% do valor deste tipo de produção no município (R$ 201 milhões). Vídeos mais assistidos do g1 RN

Comente:




Legendas

Mais