Ouvir Radio YouTube TikTok Jogos love@antenalove.com.br

MPRR denúncia à Justiça homem que tentou matar companheira após ela recusar abraço





Caso aconteceu no dia 7 de Setembro, em Boa Vista. Homem, de 41 anos, desferiu golpes na cabeça e no pescoço da vítima com um estilete. Homem é suspeito de tentar matar a companheira após ela recusar um abraço. MPRR/Divulgação O Ministério Público de Roraima (MPRR) informou nessa segunda-feira (27) que denunciou por tentativa de homicídio, por motivo fútil, um homem, de 41 anos, à Justiça. Ele é suspeito de tentar matar a companheira após ela recusar um abraço. O crime ocorreu no dia 7 de setembro em Boa Vista, quando o homem desferiu golpes na cabeça e no pescoço da vítima com um estilete, após a mulher recusar o abraço. Segundo a Promotora de Justiça da Defesa da Mulher, Lucimara Campaner, que conduziu inicialmente o caso, o ciclo de violência entre o acusado e a vítima era sistêmico. “Ela precisava de autorização do ofensor até para conversar com a mãe. Ele só não a matou porque um familiar interferiu, mas para o Ministério Público ficou claro que o objetivo era tirar a vida da vítima, uma vez que o golpe mais profundo foi muito perto da artéria carótida”, explicou a Promotora de Justiça. A denúncia foi realizada na última sexta-feira (24). O processo foi iniciado na Promotoria de Justiça de Defesa da Mulher e, atualmente, tramita na 2ª Vara do Tribunal de Júri, informou o MPRR. Conforme o Ministério, o home atualmente está recolhido na Penitenciária Agrícola de Monte de Cristo e se a denúncia for acolhida pela Justiça, ele responderá por tentativa de homicídio, por motivo fútil, usando recurso que dificultou a defesa da vítima, além de feminicídio devido à violência doméstica e na presença dos filhos da vítima. O crime de feminicídio é considerado hediondo e a pena varia de 12 a 30 anos de reclusão.


Assessoria de Imprensa: 

Antena Love |

505 Visualizações

Comente:




Legendas

Mais