Home YouTube TikTok Jogos love@antenalove.com.br
VOCÊ ESTÁ NA RÁDIO


Divas são as homenageadas da Festa do Cinema Italiano em novembro



De acordo com a calendarização, anunciada hoje pela organização, a Festa do Cinema Italiano arranca no dia 02 em Lisboa e Coimbra, estendendo-se depois a várias outras cidades, ao longo de todo o mês.

Este ano, a Festa do Cinema Italiano faz-se no feminino, com uma retrospetiva (secção Amarcord) dedicada especialmente às grandes atrizes e intérpretes desse cinema, em colaboração com a Cinemateca Portuguesa, intitulada Siamo Donne - Divas do Cinema Italiano.

A retrospetiva será constituída por um ciclo com mais de 15 filmes que parte dos tempos do cinema mudo até aos nossos dias. Foram e são muitas as atrizes italianas que marcaram profundamente o cinema de hoje e que são reconhecidas e admiradas e Itália e em todo o mundo, destacam os organizadores.

Um dos primeiros filmes de destaque da retrospetiva é Al di là del bene e del Male (Além do Bem e do Mal), de Liliana Cavani (1977), um dos principais nomes do novo cinema italiano, com a lendária atriz Virna Lisi e que conta a história do triângulo amoroso entre o filósofo Nietzsche, a russa Lou von Salomé e o judeu alemão Paul Rée.

Malizia (Malícia), realizado por Salvatore Samperi (1973), outros dos filmes a serem exibidos nesta retrospetiva, debruça-se sobre uma mulher provocadora e muito sensual, uma imagem que transformou Laura Antonelli num símbolo sexual na Itália da época.

Será exibido também Malombra, de Carmine Gallone, um drama mudo de 1917, que adapta o romance homónimo de Antonio Fogazzaro, de 1881.

Esta retrospetiva permitirá ainda descobrir ou redescobrir interpretações inesquecíveis de atrizes como Sophia Loren, Monica Vitti, Silvana Mangano, Claudia Cardinale, Alida Valli, Anna Magnani, entre muitas outras.

Paralelamente à retrospetiva, estará patente uma exposição fotográfica, denominada PHOTOCALL - Atrizes do Cinema Italiano, realizada em colaboração com o Museu de Cinema de Turim.

Não são apenas as divas que vão estar em destaque nesta edição da Festa do Cinema Italiano: os 20 Anos dos confrontos da Cimeira do G8 em Génova vão ser assinalados através de uma mesa redonda com vários convidados, e projeção de filmes e documentários relacionados com a temática, nomeadamente, Diaz - Dont Clean Up This Blood, de Daniele Vicari.

Uma das novidades desta edição será a presença pela primeira vez na Culturgest, de 06 a 10 de novembro, com filmes, debates e muito mais, revelou a organização, adiantando que a programação completa da festa do cinema será divulgada em breve.

As primeiras exibições terão lugar de 02 a 10 de novembro, em Lisboa (Cinema São Jorge, UCI El Corte Inglés, Cinemateca Portuguesa, Culturgest), e de 02 a 04 de novembro em Coimbra (Teatro Académico Gil Vicente).

Entre 03 e 05 de novembro, a 14.ª edição da Festa do Cinema Italiano passa pela cidade de Beja (Pax Júlia Teatro Municipal).

A partir de dia 04, estará nas cidades de Setúbal (Auditório Charlot), Penafiel (Cinemas Cinemax), Cascais (Cinema da Villa) e Porto (Cinema Trindade), nesta última até dia 10, nas anteriores até dia 07.

O cinema italiano passa ainda por Alverca do Ribatejo (Teatro Estúdio Ildefonso Valério), nos dias 06 e 07, por Aveiro (Teatro Aveirense), nos dias 15 e 16, por Tomar (Cine-Teatro Paraíso), de 18 a 25, e por Almada (Auditório Fernando Lopes Graça), entre 23 e 26, seguindo depois para outras cidades portuguesas, ainda a anunciar.

A Festa do Cinema Italiano é organizada pela Associação Il Sorpasso, com o apoio da Embaixada de Itália, do ICA - Instituto do Cinema e do Audiovisual, do Instituto Italiano de Cultura de Lisboa, do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Itália, do Luce Cinecittà e da Câmara Municipal de Lisboa.

Leia Também: Festival Queer Lisboa termina com mais público, convidados e prémios

Comente:




Legendas

Mais