Ouvir Radio YouTube TikTok Jogos love@antenalove.com.br

Por que escuto, mas não entendo?





Especialista explica por que isso acontece e o que fazer para corrigir Certamente você conhece alguém que se queixa de que escuta, mas não entende bem as palavras. Isso é muito comum e pode acontecer por conta da presença de uma perda auditiva. “Ao contrário do que muito se pensa, perda auditiva não é sinônimo de surdez. Surdez é a completa falta de audição, já a perda auditiva é uma diminuição parcial da capacidade auditiva e pode ser classificada em vários graus: leve, moderada, severa e profunda. ”, explica Viviane Racioppi, Fonoaudióloga especialista em Audiologia da Ouvirtec Geralmente, quando se tem uma perda de audição, há dificuldade na compreensão de alguns sons e, dependendo do grau, a pessoa pode detectar a presença deles, porém não conseguir discriminá-los de maneira correta. Assim, podem acontecer as trocas no entendimento de algumas palavras e a baixa compreensão. Essa situação pode trazer problemas de convívio social para o indivíduo por não conseguir participar ativamente de conversas cotidianas. Viviane Racioppi, fonoaudióloga especialista em Audiologia da Ouvirtec. “Ao contrário do que muito se pensa, perda auditiva não é sinônimo de surdez”. Divulgação/Ouvirtec A fonoaudióloga explica que se, não tratado corretamente e em curto prazo, o problema se torna ainda mais sério. “O que chamamos de tempo elevado de privação sensorial faz com que o sistema auditivo perca estimulação e se atrofie, o que gera maior demanda e esforço cerebral para escutar. Isso pode acarretar no aumento da perda auditiva, queda da porcentagem de entendimento de fala e, em situações mais extremas, tendência ao desenvolvimento de demências”, diz Racioppi. Caso a pessoa perceba alguma dificuldade auditiva, o ideal é realizar uma avaliação audiológica completa e verificar quais são as opções de intervenção e tratamento. Na maioria das vezes, aparelhos auditivos são indicados para a reabilitação auditiva. Seu uso, além de melhorar o entendimento e discriminação da fala, estimula todo o sistema auditivo, o que ajuda na melhora das habilidades auditivas e cerebrais. Além de três unidades em Belo Horizonte, a Ouvirtec está presente também em Conselheiro Lafaiete, Divinópolis, Juiz de Fora, Lagoa Santa, Pará de Minas, Uberlândia, e em breve, Ipatinga. Além de mais de 40 pontos de representação em Minas Gerais. Conheça em www.ouvirtec.com.br. Responsáveis Técnicos por Unidade: Unidade Ouvirtec Padre Rolim BH - Fonoaudióloga Cristiane Braga Stehling Dias - CRFa 6-4465 Unidade Ouvirtec Barreiro BH - Fonoaudióloga Natália Dias De Oliveira Longuinhos - CRFa 6-6471 Unidade Ouvirtec Matriz BH - Fonoaudióloga Cristiane Lage Bragança - CRFa 6-1622 Unidade Ouvirtec Divinópolis - Fonoaudióloga Letícia Freitas e Amaral - CRFa 6-1847 Unidade Ouvirtec Ipatinga - Fonoaudióloga Kelly Priscila Barbosa da Silva - CRFa 6-6704 Unidade Ouvirtec Uberlândia - Fonoaudióloga Flávia Calcagno Ribeiro - CRFa 6-6510 Unidade Ouvirtec Juiz de Fora - Fonoaudióloga Josilene Moura Lopes de Sales - CRFa 6-10438 Unidade Ouvirtec Lagoa Santa - Fonoaudióloga Alessandra Patrício da Costa - CRFa 6 7492


Assessoria de Imprensa: 

Antena Love |

491 Visualizações

Comente:




Legendas

Mais