Ouvir Radio YouTube TikTok Jogos love@antenalove.com.br

Memórias do apagão no Amapá viram exposição de artes no Centro de Macapá





Obras do artista Will Cruz ficam podem ser visitadas gratuitamente até domingo (7). Memórias do apagão no Amapá viram exposição de artes no Centro de Macapá Will Cruz/Divulgação O apagão que atingiu o Amapá - e que completa exatamente um ano nesta quarta-feira (3) – inspirou um artista plástico amapaense a produzir obras. As telas integram uma exposição, no Centro de Macapá, que é possível ser visitada até domingo (7), com entrada gratuita. Apagão no Amapá expôs fragilidades no acesso a energia elétrica no estado De prejuízos financeiros a parto no escuro: veja como estão afetados pela crise A exposição “Os humilhados serão exaltados: memórias do apagão” começou a ser produzida pelo artista plástico amapaense Will Cruz, de 27 anos, ainda durante a crise energética. A ideia foi fazer com que o público não esqueça os mais de 20 dias em que o fornecimento de energia elétrica ficou comprometido. “Eu estava elaborando os projetos que falariam sobre desigualdade social, discriminação e pobreza, só que eu precisava não deixar muito amplo. Aí que aconteceu o apagão e, ao longo dos 22 dias, me deu uma indignação e queria colocar esse sentimento dentro do meu trabalho. Então pensei: ‘Por que não? É uma coisa que está acontecendo e lá para frente precisa ser mostrado para as pessoas o que aconteceu’. Usei minhas experiências no apagão para colocar no trabalho”, detalhou Cruz. Obras começaram a ser produzidas no apagão Will Cruz/Divulgação A inquietação e indignação do artista é perceptível através das 7 pinturas que compõem a exposição. Além disso, Cruz também pensou em relacionar a arte e a religião nesse trabalho, que pode ser conferido na Catedral São José, principal templo da igreja católica no Amapá. “Eu meio que criei esse diálogo entre a arte e a religião, entre os costumes tradicionais da cristandade com a arte dentro do meu trabalho. A fé que é uma tradição do povo amapaense que, em relação à adversidade, sempre consegue ser resiliente com base na esperança e na fé. O sagrado que retratei é sobre a resistência do povo amapaense quando ele se apega à fé para superar as adversidades”, acrescentou. Will Cruz se considera artista profissional desde os 14 anos de idade. Ele estuda artes visuais na Universidade Federal no Amapá e trabalha com pintura em telas, ilustrações, gravura. Além disso, experimenta a fotografia, escultura, grafite, produções audiovisuais, pesquisa questões sociais, socioambientais e filosóficas por meio de elementos visuais do cotidiano dos povos tradicionais da Amazônia e do folclore amazonense. A exposição foi apoiado pela Lei Aldir Blanc e recebeu recursos destinados às produções culturais em meio à pandemia da Covid-19. Artista quis criar diálogo entre a arte e a religião Will Cruz/Divulgação Serviço Exposição “Os humilhados serão exaltados: memórias do apagão” Período: até 7 de novembro (domingo) Local: hall da Catedral de São José (Rua General Rondon, entre as avenidas General Gurjão e Mendonça Furtado, no Centro de Macapá) Horário: das 8h às 12h e das 14h às 18h Entrada gratuita Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá ASSISTA abaixo o que foi destaque no AP:


Assessoria de Imprensa: 

Antena Love |

504 Visualizações

Comente:




Legendas

Mais