Home YouTube TikTok Jogos love@antenalove.com.br
VOCÊ ESTÁ NA RÁDIO


Estudante brasileiro de 15 anos morre nos Estados Unidos; jovem era atleta de basquete




Artur Bandiera Sálvio era intercambista em Cumberland, no estado de Maryland. Escola informou que jovem passou mal e faleceu na terça-feira. Confederação Brasileira de Basquete e clubes emitiram nota de pesar. Artur Bandiera, à direita, ao lado do pai Marcelo Bandiera; jovem morreu nos Estados Unidos Reprodução/Facebook O estudante de 15 anos e jogador de basquete Artur Bandiera Sálvio, de Campinas (SP), morreu na terça-feira (2), em Cumberland, nos Estados Unidos. Segundo a escola onde ele fazia intercâmbio, chamada Bishop Walsh, o jovem passou mal durante a noite e a causa da morte ainda é desconhecida. A Confederação Brasileira de Basquete (CBB), a Federação Paulista de Basketball e a Liga de Basquete Feminino, além de clubes de basquete, emitiram notas de pesar (leia mais abaixo). A Secretaria de Esporte de Campinas também lamentou o falecimento. Artur estava nos Estados Unidos, jogando basquete que era sua grande paixão e estudando, realizando seu sonho. À família enlutada, nossas condolências, disse a pasta. O pai do jovem, Marcelo Bandiera, é professor de basquete da Secretaria de Educação, além de treinador do Clube Regatas Campineiro, onde Artur começou a praticar o esporte. Artur Bandiera recebeu troféu do ex-técnico da Seleção Brasileiro de Basquete, Aleksandar Petrovic Arquivo pessoal Na noite desta quarta-feira (3), a Bishop Walsh publicou uma nota no perfil do Instagram em que pede orações e afirma que a família foi informada assim que a morte foi confirmada. A comunidade da Escola Bishop Walsh está de luto pela morte inesperada de um dos nossos, um estudante de intercâmbio do Brasil. Ele não respondeu durante a noite de 2 de novembro de 2021, comunicou, em texto originalmente publicado em inglês. Na mesma nota, a escola informou que, segundo a polícia de Cumberland, a causa da morte não é conhecida, mas não havia sinais de crime ou abuso de drogas no local. Initial plugin text O jovem foi campeão do Campeonato Paulista sub-12 em 2018, mesmo ano em que foi eleito pela Federação Paulista de Basketball o melhor atleta do torneio. Segundo a Secretaria de Esportes de Campinas, ele ainda venceu o Campeonato Paulista Sub-13 da Grande São Paulo no ano seguinte, quando também foi eleito o melhor jogador. Repercussão Em nota publicada pelo Facebook, a Confederação Brasileira de Basquete informou que lamenta profundamente a morte do jovem Artur Bandiera, de 15 anos, atleta da base do Regatas Campineiro-SP, nos EUA. Artur é filho do técnico da base do clube, Marcelo Bandiera, um apaixonado pelo basquete como toda a família. Nossos pêsames, pensamentos e orações. Já a Federação Paulista Basketball postou um vídeo para homenagear o jovem. Veja abaixo: Initial plugin text O Basquete Campinas, que disputa o Campeonato Paulista Feminino, publicou nota também no Facebook. Um garoto doce, de futuro promissor, Artur faleceu nos Estados Unidos, onde realizava o sonho de estudar e jogar. Em sua trajetória conquistou títulos como o Campeonato Paulista Sub-12 e Sub-13, além de ter sido eleito pela FPB o melhor atleta da capital em 2018. Basquete Campinas publicou nota de pesar após morte de jovem brasileiro nos Estados Unidos Reprodução/Facebook Outro clube a lamentar a morte foi o São José. É com profundo pesar que recebemos o falecimento do ex-atleta do Basquete Regatas/Campinas/SP, Artur Bandiera. Artur estava realizando seu sonho de estudar e jogar nos Estados Unidos, onde faleceu. O Jundiaí Basquete também postou no Facebook uma homenagem ao jovem. O Jundiai Basquete Clube está em luto. É com profundo pesar que comunicamos o falecimento do atleta do Regatas de Campinas, Artur Bandiera. Equipe que revelou o jovem, o Clube Regatas Campineiro afirmou que Artur praticamente nasceu no Regatas, filho do nosso técnico Marcelo Bandiera e da Jane, tinha como irmão mais novo João (também atleta do Regatas). Artur respirava basquete, desde muito novo, acompanhava o pai nas viagens, nos Jogos Regionais. Começou a jogar em nossas escolinhas. Sempre muito dedicado, gostava muito de treinar e com isso o resultado veio: em 2018 e 2019 foi Campeão Estadual e eleito o melhor jogador do campeonato. Atualmente estava nos Estados Unidos, jogando e estudando, realizando seu sonho, onde faleceu. Estamos sem chão! Nossos sentimentos a família e amigos!, completou o clube. Clube Regatas, onde jovem começou a treinar basquete, publicou nota de pesar no Facebook Reprodução/Facebook VÍDEOS: destaques de Campinas e região Veja mais notícias da região no g1 Campinas

Comente:




Legendas

Mais