Home YouTube TikTok Jogos love@antenalove.com.br
VOCÊ ESTÁ NA RÁDIO


Apesar de chuvas de outubro, abastecimento de Saltinho ainda depende de caminhões-pipa




Sabesp disse que que as chuvas em alguns lugares do estado não tiveram a mesma intensidade no município. Nível da principal represa que abastece a cidade é crítico. Mesmo com chuvas de outubro, represa de Saltinho segue com nível crítico A Represa Carmelindo Lopes, principal fonte de abastecimento de Saltinho (SP), continua em estado preocupante. As chuvas de outubro não foram suficientes para aliviar a situação hídrica do município e, com isso, a cidade permanece dependendo de caminhões-pipa. A EPTV, afiliada TV Globo, mostrou em setembro deste ano como estava a situação da represa. Na época, o local onde antes era coberto de água estava com solo rachado e um cenário visivelmente de seca, com pouca água. O município não registrava chuvas significativas há 187 dias. As equipes voltaram ao local nesta quinta-feira (4) e a situação é praticamente a mesma. O nível continua muito baixo e vários trechos estão secos e com solo rachado. A captação de água permanece suspensa. Represa de Saltinho em 4 de novembro de 2021 Edijan Del Santo/EPTV Segundo a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), a população continua sendo abastecida com ajuda de caminhões-pipa. A cidade faz a captação de água em outros municípios e transporta até o tratamento de água em Saltinho. São transportados 30 caminhões por dia. Essa manobra faz com que não seja necessário um racionamento de água, mas a Companhia orienta que a população economize. A dona de casa Maria Aparecida Moises contou que tem poço artesiano em casa, mas que não adianta. Na minha casa mesmo, que tem poço, meu poço secou. Eu tô usando água da rua agora. A gente espera que volte a água, faz muita falta. Tem que economizar sempre. Só que às vezes lava carro, lava garagem, ninguém tá nem aí... Mas tem que economizar, com certeza, afirmou a operadora de caixa Simone Ferreira. Pouca chuva A Sabesp informou que as chuvas que caíram durante o mês de outubro em alguns lugares do estado não tiveram a mesma intensidade em Saltinho. Diante disso, o cenário ficou praticamente inalterado. O abastecimento ocorre normalmente por conta dessa integração com outros municípios, que permite o transporte de água para os reservatórios da cidade. No início de outubro o Departamento de Águas e Energia Elétrica (Daee) do estado autorizou a captação de água no Rio Capivari. São 500 mil litros por dia. Principal represa de Saltinho em setembro de 2021 Edijan Del Santo/EPTV Como economizar A Sabesp orienta a população a economizar água e disponibiliza em seu site dicas de como fazer isso em casa. Confira algumas: Use vassoura e balde para lavar áreas como garagem, corredores, dentre outras. Não utilize mangueiras; Não dê descarga à toa e não utilize o sanitário como lixeira. Em apenas seis segundos de válvula acionada vão embora cerca de 12 litros de água; Não use água corrente para descongelar alimentos; Fique muito atento a possíveis vazamentos. Eles podem passar despercebidos e são grandes causas do desperdício; VÍDEOS: Fique por dentro do que acontece nas cidades Veja mais notícias da região no g1 Piracicaba

Comente:




Legendas

Mais