Home YouTube TikTok Jogos love@antenalove.com.br
VOCÊ ESTÁ NA RÁDIO


Com fila de 13 mil pacientes, Santa Casa de Franca, SP, retoma cirurgias eletivas




Procedimentos não urgentes foram reiniciados na quarta-feira (3). Demanda deve ser atendida com ajuda do estado, informou a Prefeitura. Santa Casa de Franca volta a realizar cirurgias eletivas Henrique Novais/Assessoria de imprensa A Prefeitura de Franca (SP) anunciou nesta quinta-feira (4) a retomada das cirurgias eletivas na Santa Casa. Os procedimentos estavam prejudicados na unidade desde o início da pandemia da Covid-19, em março de 2020. Em uma transmissão nas redes sociais, o prefeito Alexandre Ferreira (MDB) afirmou que cerca de 13 mil pacientes estão na fila para cirurgias consideradas não urgentes. De acordo com a Prefeitura, a retomada aconteceu na quarta-feira (3). O volume de pessoas que entraram na fila vem se mantendo em torno de 13,2 mil, 13,1 mil pessoas aguardando cirurgias eletivas. É nesse caminho que a gente tem que atacar. Santa Casa retoma as cirurgias eletivas, e, para nós, tem uma importância muito grande, disse. Para tentar reduzir a espera, a administração municipal explicou que vai atuar em parceria com o governo estadual para conseguir recursos extras, mas não deu detalhes de como será essa ajuda do estado. Além disso, segundo Ferreira, hospitais particulares poderão ser contratados, caso a Santa Casa não consiga suprir a demanda. Por contrato, a unidade pode realizar cerca de 200 cirurgias eletivas por mês, informou o chefe do Executivo. A ideia é que a gente consiga diminuir a fila de cirurgias eletivas com a Santa Casa, com dinheiro municipal e com dinheiro estadual. (...) O estado entendeu a necessidade, está trabalhando para isso também, para que a gente possa oferecer uma condição melhor, disse o prefeito. Ferreira reforçou que a Santa Casa não realiza procedimentos por demanda espontânea. Segundo a Prefeitura, pacientes à espera de cirurgias eletivas precisam primeiro passar por uma consulta na rede municipal. A partir disso, eles devem protocolar o encaminhamento médico na Secretaria de Saúde, que agendará exames pré-operatórios e encaminhará o protocolo ao Departamento Regional de Saúde (DRS). O DRS, então, será o responsável por acionar a Santa Casa. LEIA TAMBÉM: Procedimentos de menor complexidade foram retomados no AME em setembro Ginecologia Ainda durante a transmissão, Alexandre Ferreira anunciou ações para tentar diminuir a espera principalmente na ginecologia, que já acumula 4,5 mil consultas pendentes em Franca. Segundo ele, uma licitação será aberta nesta sexta-feira (5) para contratar novos ginecologistas, uma vez que apenas quatro candidatos conseguiram passar em um concurso realizado pela Prefeitura. Para atender toda a demanda, 40 profissionais são necessários. A rede pública atende hoje mais ou menos 86 mil mulheres pelo SUS. 86 mil mulheres são acompanhadas pelo SUS. É um número imenso. Prefeito de Franca, Alexandre Ferreira, em transmissão ao vivo nesta quinta-feira (4) Reprodução/Facebook Aparelhos auditivos Outro tema abordado na coletiva envolve pacientes com problemas de audição. De acordo com Ferreira, a Prefeitura pretende zerar a fila por aparelhos auditivos até o primeiro trimestre de 2022, com a compra inicial de 1,8 mil equipamentos até o fim deste ano. Segundo Ferreira, os recursos virão de emendas impositivas destinadas pela Câmara Municipal. Veja mais notícias da região no g1 Ribeirão Preto e Franca Vídeos: Tudo sobre Ribeirão Preto, Franca e região

Comente:




Legendas

Mais