Ouvir Radio YouTube TikTok Jogos love@antenalove.com.br

Campinas passa a exigir passaporte da vacina contra Covid-19 em todos os eventos culturais, esportivos e de lazer





Regras valem para cinemas, teatros, circos e demais eventos, independentemente do público. Uso de máscara segue sendo obrigatório e distanciamento de 1 metro é recomendado. Campinas adota exigência de vacinação em eventos Marcello Carvalho/G1 A partir desta quinta-feira (4), moradores ou visitantes de Campinas (SP) devem seguir regras rígidas de comprovação da vacina contra Covid-19. As medidas foram publicadas em decreto no Diário Oficial e valem para todas as atividades e eventos de entretenimento, cultura, esporte, corporativo e lazer - como cinemas, teatros, circos e shows, que passam a exigir o passaporte da vacina. O documento válido deve ser oficial, podendo ser a carteirinha de vacinação, o certificado do SUS, o comprovante da imunização no portal da vacina da prefeitura, impresso ou na tela do telefone celular. Veja as regras ponto a ponto abaixo. É uma estratégia para que a gente consiga ampliar a cobertura vacinal na população, explica a enfermeira Priscilla Pegoraro, articuladora da Intersetorialidade do Comitê da Covid-19 em Campinas e assessora técnica do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa). Compartilhe essa notícia no Whatsapp Compartilhe essa notícia no Telegram As determinações do governo municipal devem ser seguidas independentemente do número de pessoas nos estabelecimentos; e vale tanto para público sentado ou em pé, em locais fechados ou ao ar livre. A capacidade permitida segue sendo de 100% e o uso de máscaras continua. Já o distanciamento social de 1 metro é recomendado, mas não mais obrigatório. A grande questão é que a gente veio até outubro com uma restrição de capacidade e de ocupação, alguns eventos limitados, a obrigatoriedade do distanciamento, e a partir de agora a gente começa a ter uma certa flexibilização dessas regras. Uma coisa que a gente não abriu mão neste momento é o uso da máscara, explica Priscilla. Há especificações para adultos, adolescentes e crianças. Pessoas que têm 12 anos ou mais e, portanto, têm disponível a vacina que protege contra o coronavírus, só poderão participar das atividades citadas e eventos se estiverem imunizadas. Para casos em que a pessoa tem apenas uma dose, a prefeitura determinou que, além do comprovante, ela apresente teste PCR ou antígeno negativo para Covid-19. A gente saiu de uma condição controlada para uma condição não mais totalmente controlada. É uma exigência de saúde para que a gente consiga garantir o controle da pandemia, afirma a enfermeira. Regras em vigor em Campinas Exigência do esquema vacinal completo para todos os eventos e atividades. Estão incluídos no passaporte da vacina cinemas, teatros, circos, shows, eventos em restaurantes, atividades corporativas, atividades esportivas. Para quem tem só a primeira dose: comprovação da vacina e teste negativo para Covid-19 do tipo PCR, realizado até 48 horas antes do ingresso, ou do tipo antígeno, realizado até 24 horas antes do ingresso. Menores de 12 anos: teste negativo de Covid-19 do tipo PCR, realizado até 48 horas antes do ingresso no estabelecimento, ou do tipo antígeno, realizado até 24 horas antes do ingresso no estabelecimento. Uso obrigatório de máscaras de proteção facial durante toda a permanência no local. Disponibilização de álcool gel a 70% em locais de fácil acesso e em quantidades suficientes. Adoção de medidas para evitar concentração de pessoas e aglomerações. Recomendação de distanciamento social de 1 metro entre as pessoas. Atenção aos protocolos de higiene e segurança como medidas de prevenção coletiva e de proteção individual contra a Covid-19. A fiscalização das regras será feita pela Vigilância Sanitária. O departamento de inteligência do Comitê verifica a estratégia das abordagens a partir de investigações e rumores de eventos, e a prefeitura também trabalha a partir de denúncias recebidas no telefone 156. O não cumprimento das normas estabelecidas sujeitará o infrator às medidas legais e penalidades cabíveis, previstas na legislação sanitária, diz a publicação oficial. Entre as penalidades previstas está a aplicação de multa - que pode variar de 100 Ufics, ou R$ 378,86, a 10 mil Ufics, ou R$ 37.886,00 - e a interdição do imóvel, dependendo do risco de infecção do coronavírus verificado pela fiscalização. Mas e os locais que antes não exigiam vacina? O Comitê informou que a exigência da vacina contra Covid-19 em locais que já estavam recebendo público só ocorre agora porque a capacidade passou a ser de 100% e a regra de distanciamento social não é mais uma obrigação, mas, sim, uma recomendação. Antes das novas regras, havia limite para a ocupação dos estabelecimentos. Essa medida serve para todo e qualquer tipo de evento. Se é um evento, vai entrar nessa regra. Independente de onde a pessoa venha, ela vai ter que cumprir esse requisito, explica Priscilla, levando em consideração moradores e pessoas que visitam a metrópole. Onde fazer o teste Covid? A prefeitura ressaltou que os exames médicos - PCR e antígeno - exigidos para menores de 12 anos e para quem tomou só uma das doses da vacina só poderão ser feitos na rede particular ou via convênio médico. A rede pública de saúde continuará disponibilizando os testes apenas com indicação epidemiológica, ou seja, para pessoas com sintomas que justifiquem a verificação do diagnóstico. Além disso, a prefeitura ressaltou que o resultado do exame via SUS demora mais do que o tempo exigido pelos eventos na nova regra. A Secretaria de Saúde de Campinas reforçou que os públicos aptos a tomar a vacina contra Covid-19 - a partir de 12 anos de idade - podem antecipar a segunda dose conforme determinado pelo Plano Estadual de Imunização e que há vacinas disponíveis de graça nas unidades da rede pública. Até as 11h desta quinta, havia 22.624 doses com agendamento aberto. 2ª dose da vacina da Pfizer foi antecipada para intervalo de 21 dias 2ª dose da vacina AstraZeneca foi antecipada para intervalo de 8 semanas Até a manhã desta quinta-feira (4), a metrópole aplicou um total de 1.859.932 vacinas, sendo 950.295 em primeira dose, 794.865 na segunda dose, 31.730 na dose única (Janssen) e 83.042 na dose de reforço (3ª aplicação). Os dados foram atualizados às 9h no sistema Vacivida do governo estadual. Vacina e Covid-19: Devo fazer teste para saber se a vacina pegou? Como ficam as atividades religiosas? O ingresso de moradores de Campinas em igrejas e templos religiosos não exigirá o passaporte da vacina da Covid-19. No entanto, os frequentadores deverão seguir as regras abaixo. Uso obrigatório de máscaras de proteção facial durante toda a permanência no local. Disponibilização de álcool gel a 70% em locais de fácil acesso e em quantidades suficientes. Adoção de medidas para evitar concentração de pessoas e aglomerações. Recomendação de distanciamento social de 1 metro entre as pessoas. Obtenção do certificado de estabelecimento responsável, disponível no site da prefeitura e atendimento das demais regras sanitárias pertinentes. Já no caso de eventos religiosos, como festas beneficentes, o Comitê avisa que o comprovante da vacinação será exigido. E as atividades esportivas? A participação em eventos esportivos em Campinas também vai exigir o passaporte da vacina, como corridas, campeonatos e outros que envolvam a coletividade. De acordo com o decreto municipal, os frequentadores dessas atividades devem também seguir as regras abaixo. Uso de máscaras sempre que possível, com trocas quando ficarem úmidas. Vedação de jogadores que apresentem sintomas respiratórios e/ou tiveram contato com indivíduos sintomáticos nos dias que antecederem os jogos. No caso das academias de atividades físicas, o Comitê informou que entende que se trata mais de uma proteção individual, e o decreto municipal visa mais os acontecimentos coletivos. Parques públicos também poderão ser frequentados por pessoas sem a exigência do passaporte da vacina, mas se ocorrer um show no parque, por exemplo, deverá seguir as regras impostas para eventos. VÍDEOS: veja o que é destaque na região de Campinas Veja mais notícias da região no g1 Campinas


Assessoria de Imprensa: 

Antena Love |

449 Visualizações

Comente:




Legendas

Mais