Ouvir Radio YouTube TikTok Jogos love@antenalove.com.br


Do coral da igreja aos palcos nacionais: conheça trajetória do integrante rondoniense do The Voice Brasil




Criston tem 27 anos e acumula dois programas representando Rondônia: Superstar em 2015 e The Voice Brasil 2021. Criston Lucas, cantor rondoniense Redes Sociais/Reprodução Criston Lucas descobriu a vocação para a música enquanto cantava em um coral da igreja, ainda criança. Quase 20 anos depois, o cantor e compositor ocupou diferentes palcos, incluindo dois realitys musicais nacionais representando Rondônia: a música é a minha missão de vida, comenta. O rondoniense viu a carreira musical ascender em 2015, quando participou do Superstar junto com a Versalle, a banda de rock que ele faz parte desde que tinha 15 anos. O grupo terminou o programa em terceiro lugar. Atualmente Criston participa sozinho da edição 2021 do The Voice Brasil. Ele se tornou o primeiro integrante do Time Teló. Confira a primeira apresentação Para a família, a participação dele no programa é motivo de festa. Segundo a mãe, Cristina Zapelini, se a avó de Lucas estivesse viva, o orgulho do neto iria acelerar o peito. É muita coincidência ela [a avó] amar tanto esse tipo de programa e o neto dela participar. E não pela primeira vez, conta a mãe do cantor. Criston Lucas e a avó, em Rondônia. Cristina Zapelini/Arquivo Pessoal Do coral aos palcos A música na vida do Criston é quase como uma herança genética. A avó, tio, tia, primos… todos seguem - ou seguiram em algum momento - carreira na área. A música sempre esteve presente na minha vida, desde que eu me entendo por gente. Eu comecei a cantar no coral da igreja, muito influenciado pela minha família, lembra. Criston Lucas começou a carreira musical cantando em um coral de igreja. Redes Sociais/Reprodução Com sinceridade, a mãe do cantor conta que no começo não levava a ideia muito a sério. Era mais uma atividade a ser cumprida em horas livres. Mas após uma apresentação no coral da igreja ela percebeu que o potencial do garoto poderia levá-lo para outras direções. Aos 12 anos, Criston já havia montado a primeira banda, em parceria com alguns amigos e familiares. Foi nessa banda que ele lançou as primeiras músicas autorais e começou a fazer shows nas noites em Porto Velho. Os pais acompanhavam de perto os passos, empenhados em incentivar o sonho do filho. Essa questão da música e das composições eu tenho como uma missão na minha vida mesmo, aponta. Virada de Chave Banda Versalle. Redes Sociais/Reprodução A Versalle nasceu há mais de uma década. Desde então tem sido a missão da vida Criston, como ele descreve. Depois de consolidar o trabalho se apresentando em shows, festivais e demais eventos em Rondônia, o grupo começou um novo desafio na segunda edição do Superstar em 2015. Foram nove apresentações em rede nacional no horário nobre, sendo que sete delas foram de músicas autorais. Depois de conquistar o terceiro lugar no programa, a banda gravou o primeiro disco: Distante em Algum Lugar, que foi indicado ao Grammy Latino de 2016 na categoria de melhor álbum de rock em língua portuguesa. Longe de casa Criston e a banda se mudaram para São Paulo em 2015, depois do Superstar. Segundo a mãe, ele trancou a faculdade de direito no último período para investir na carreira musical. No começo foi aquele choque. Coisa de mãe, ver o filho sair do ninho é de partir o coração, conta. Depois do Superstar a banda voltou para Rondônia para fazer alguns shows, mas desde o início da pandemia da Covid-19 não retornaram ao estado. Segundo Criston, a saudade é uma companheira frequente. Estamos vivendo em busca dos sonhos e a gente abdica de algumas coisas, mas a saudade está sempre no coração, conta. Apesar da distância, a banda leva a representação do Norte e Rondônia onde vão. Em 2019 eles realizaram um evento em São Paulo, em parceria com a banda Distopia, também de Rondônia, chamado Porto Velho na Paulista. Representar Porto Velho, Rondônia é muito gratificante é uma responsabilidade. É algo que eu levo com muito amor, com muita paixão, sabendo do apoio e agradecendo desde já, comenta. The Voice Brasil Na estreia da edição 2021 do The Voice Brasil, Criston optou por interpretar a canção Quem Sabe, do Rodrigo Amarante, reconhecida mundialmente na voz dos Los Hermanos. Michel Teló apertou o botão e consagrou Criston como o primeiro integrante do Time. Que loucura. Estar naquele palco não é fácil, eu entrei com muita vontade e a ansiedade também, então talvez faltou um equilíbrio. Eu até brinco que ele veio como um anjo e me resgatou. Vamos juntos agora, avalia. VÍDEOS: veja mais notícias de Rondônia

Comente:




Legendas

Mais